Publicado por: Hilger | 10/04/2010

Pulando sábados

Pois é, gente, sábado passado não tivemos Jantar de Sábado, como provavelmente todo mundo percebeu… e nesse sábado, novamente não vamos ter. As meninas estão com compromissos de trabalho pra mais dois finais de semana, então a coisa tá complicada.

MAS, pra não deixar o blog tanto tempo parado, vim aqui dar satisfação E colocar uma receita que eu inventei no sábado passado só pra mim…

Penne ao creme de cebola e soja

Ingredientes:

250g de macarrão penne;

2 folhas de louro;

100g de PTS (proteína de soja) grossa;

1 pacote de creme de cebola;

200g de creme de leite;

500ml de leite;

1 colher de sopa de margarina;

20g de queijo parmesão;

50g de queijo prato;

Modo de preparo:

Primeiro hidrate a PTS. No pacotinho diz que quinze minutos chegam, mas em geral não chegam não, eu deixo meia hora em geral. Quando estiver macia (não coma, aperte), retire da água e dê umas apertadas nas bolinhas de PTS pra elas não ficarem com muita água presa. Separe a PTS, e vamos à parte 2.

Derreta a margarina (pode ser manteiga SEMPRE ok?) em fogo brando, misture o creme de cebola, e os queijos prato e parmesão mexendo rapidamente. Logo em seguida, junte a PTS e mexa até que não fique nenhuma bola grande de queijo (sabe aquelas bolotas de queijo né?) Depois vá juntando o leite aos poucos, para não empelotar. Quando tiver colocado todo o leite, mexa até engrossar e junte o creme de leite, e deixe ferver em fogo brando por alguns minutos.

Cozinhe o penne normalmente, e quando estiver quase no ponto, junte o louro à água, e quando estiver pronto, retire o louro.

Agora é só misturar o molho ao penne e servir… eu tirei uma foto…

Bom, pessoal, agora é aguardar o próximo Jantar de Sábado… :)

Publicado por: Hilger | 31/03/2010

Churras!

Eis que um belo dia, antes do Jantar de Sábado (acho que foi umas duas semanas), as meninas vieram aqui em casa e simplesmente a gente resolveu fazer um churrasco… tipo em dez minutos assim. E fizemos. Esse sábado foi algo parecido. No sábado à tarde, pelo telefone, resolvemos que iríamos ter churrasco de novo. As meninas se encarregaram das compras, e chegaram aqui em casa com linguicinhas, alcatra e filé simples, porque não tinha filé duplo :(

E aí, a nossa temperadeira de churrascos, Maíse, usou a receita dela pra churrasco, que é uma de-lí-cia!

3 cebolas cortadas ao meio

3 dentes de alho

1 colher rasa de tempero pronto (aqueles de potinho que tem no supermercado)

1 limão descascado

150ml de água

Sal a gosto

Segundo a Ma, funciona assim: tudo no liquidificador, e bata até parecer um vômito. Que ótima descrição, garanto que agora todo mundo vai fazer hahaha. Ok, não parece um vômito, fica um molho de cebola, só isso. Deixe a carne nesse molho por no máximo 1h, senão fica muito salgado. E depois disso… grelha e MESA!!! Hummm, que delícia! E a Tay, é a nossa assadora oficial de carne (eu sou meio negação pra isso)

Mas claro, teve salada, teve maionese, teve pão de alho, teve tudo que tem direito, gente. Só que infelizmente a receita da maionese da Ma eu não consegui ainda, mas eu garanto que é uma delícia!

Bom, vejam vocês a mesa como ficou:

Mesa do churras

A receita da maionese eu esqueci de pegar com a Ma (ops, foi mal), mas assim, vai batatas cozidas, ovos, e ela fez o creme com gemas, óleo e vinagre, que é super estranho, mas fica uma delícia :)

E agora aos jogos: mas antes preciso apresentar nossos convidados especiais… além do meu pai que  estava sem minha mãe aqui, tivemos o Fabiano como convidado, ele é do meu grupo de nerds hahaha. Então, agora aos jogos: primeiro jogamos Interpol, que é a novidade né… jogamos quatro rodadas, porque a Maíse resolveu que ia pra internet e não jogou nada, então cada um foi o Mister X uma vez. E pasmem, meu pai foi o único a ganhar como Mister X. Que coisa, não?

Interpol

Depois nós jogamos Jogo da Vida, sem meu pai, que foi dormir, e a Tay ganhou (pra variar né). Ela fez 2 milhões e 95 mil, eu fiquei em segundo com 1 milhão e 448 mil, e o Fabiano em terceiro com rasos 900 mil. Não que alguém duvidasse que ela fosse ganhar, né, mas enfim.

Pro próximo final de semana, estamos ainda em dúvida, por causa do feriado de páscoa, ainda não sabemos como vai ser. Mas o jantar de sábado passado que não teve fotos, agora vai ter ao menos a foto da comida né… Baaaaabem:

Frango a la hein?

E até o próximo Jantar de Sábado!

PS: Desculpem a demora, ok? Estamos com dificuldades nos processos de obtenção de receitas, de fotos e de tempo pra postar, ou seja, em tudo hahahaha. Menos no encontro :)

Publicado por: Hilger | 22/03/2010

Frango à la hein?

Eu sempre esqueço de batizar as receitas que eu invento, e a receita que fizemos nesse jantar é um exemplo disso. Não tem nome de novo.

Essa é uma receita de frango, que também é cheia de detalhes, mas primeiro vamos à história…

Esse sábado foi dia de pós, em Curitiba, então adivinhem quem tava morto de cansado pro Jantar? Pois é. Cheguei em Joinville de carona, e tava acordado desde 4:40 da manhã, e ainda fiz supermercado pra termos material pro jantar.

Mas não era só eu que estava morto de cansado… as meninas também foram a Curitiba trabalhar, e quando eu tava no supermercado, recebi um sms dizendo que elas estavam voltando de lá. Ou seja, o jantar ia ser mais tarde… mas tudo bem…

Quando elas chegaram, fizemos um aperitivozinho… patitas fritas na manteiga… ficou ótimo, quem ainda não conhece, conheça, vale a pena. Mas como essa não era a receita, vamos a ela…

Frango à la hein? – acabei de batizar hahaha

1Kg de filé de peito de frango

2 cebolas médias

4 batatas médias

1 col margarina

1/2 litro de leite

1 pacote de creme de queijo

1/2 pacote de queijo parmesão ralado

2 fatias de queijo mussarela

1 caixa de creme de leite

A receita é feita em duas partes: primeiro o molho Alfredo… Derreta a margarina (sempre pode ser manteiga, ok?) e depois junte o leite e o creme de queijo. Cuidado pra dissolver o creme sem empelotar! Depois mexa até engrossar, junte os queijos (se quiser juntar outros queijos, fique à vontade, os queijos são todos opcionais), e o creme de leite. Deixe cozinhar em fogo baixo por 5 minutos, mexendo de vez em quando, e está pronto o molho.

A parte dois é o seguinte: descasque a cebola e as batatas, e corte em pedaços grandes. A cebola, preferencialmente em quatro, e ela você tem que separar as ‘folhas’ (são folhas? não né, mas não sei o nome delas). E o frango, é só cortar em pedaços pequenos. PS: É melhor não pegar frango congelado, ok? Frango resfriado é muito mais fácil de lidar. E enfim, coloque numa travessa a cebola, a batata e o frango cortados, e jogue o molho por cima.

Essa travessa vai ao forno por uma hora e vinte minutos, mas depende muito da temperatura do forno, então lá por uma hora é um bom momento pra começar a testar de vez em quando se o frango e a batata estão assados.

Nesse período aí, nós aproveitamos pra jogar Interpol!!! :)

É um jogo de perseguição policial, que eu comprei na sexta-feira. É muuuito divertido. A Ma foi o Mister X, e eu e a Tay ganhamos dela na 15ª rodada.

Mas a gente tava tão cansado, que não conseguimos jogar mais nada, e viemos jantar assim que ficou pronto. Comemos, e adivinhem? UMA DE-LÍ-CIA!!!! Eu já tinha feito essa receita umas duas vezes na vida, e essa foi o melhor acerto dela…

Pontos a considerar sobre esse jantar… tiramos fotos, mas eu ainda não as recebi… então vou ter que editar esse post depois… E algo interessantíssimo: as meninas vieram de Dodge Dart, uma raridade! Pena que não deu pra tirar uma foto, mas um dia a gente mostra a máquina aqui… e temos bons planos pra semana que vem, ok? Então… até o próximo Jantar de Sábado!

Publicado por: Hilger | 15/03/2010

Yakissoba

Como prometido, nesse jantar NÓS COZINHAMOS!!!

Mas não pensem que o jantar de sábado foi normal, porque pra começar, não foi sábado, foi no almoço de domingo. Que coisa não? E tínhamos a visita dos meus pais novamente, já que foi aqui em casa. E o post não saiu no domingo, mas segunda-feira, porque faltavam as fotos. Mas tirando isso, seguimos o script.

Yakissoba, pra quem não sabe, é uma comida chinesa, mas nós adaptamos né, porque é complicado seguir as receitas originais de 1400 e bolinha. De qualquer forma, a receita que nós fizemos é a seguinte:

400g de alcatra cortada em tiras finas e curtas

400g de peito de frango cortado em tiras finas e curtas

150ml de molho shoyu

1 brócoli chinês

4 folhas de acelga

1 pimentão verde grande

100g de champignon fatiado

2 cenouras

3 cebolas médias

4 tomates

500g de macarrão para Yakissoba (o pacote verde MERCHAN)

Alho, e louro a gosto

Só pra ilustrar:

Ingredientes do Yakissoba

Aí você vai lá, corta os legumes, carnes e afins, tuuuuudo em tiras, mas curtas. Digamos que em pedaços de 2×4 cm, com exceção da carne, que é mais fina, tipo 1×4 cm. Mas não usem régua, ok? Era só pra dar uma idéia.

Primeiro, frite as carnes, com um pouquinho de alho, pra dar aquele tchan. De preferência prepare-as separadas porque elas levam tempos diferentes pra fritarem, e quando estiverem prontas, junte numa panela só, e coloque o shoyu. É relativamente simples depois, o mais trabalhoso é picar os ingredientes mesmo.

Os legumes também têm tempos diferentes pra cozinhar, então vamos à ordem… primeiro a cenoura… depois de uns cinco minutos, o brócoli, o pimentão, a cebola e o champignon… mais uns três minutos e a acelga, e uns dois minutos depois dela, os tomates. E aí é rapidinho, coloque louro e deixe no máximo dos máximos uns cinco minutos, senão os legumes passam do ponto. Eles devem ficar al dente e não desmanchar, ok? O tomate pode até dar uma desmunhecada, mas você deve conseguir identificar que ele existe.

E o macarrão é macarrão, né, siga as instruções do pacote, etc, etc.

Agora a parte complicada… pela quantidade de legumes que nós colocamos, foram DUAS panelas cheias de comida, porque eu não sei cozinhar pra pouca gente meeeesmo. Eis a prova:

Duas panelas de Yakissoba

Mas agora pensa misturar tudo… manobramos um pouco aqui e ali e conseguimos. E aí VIVAAAA O JANTAR DE SÁBADO! ops… ALMOÇO DE DOMINGO!!!

E claaaaro, já que era domingo, e a gente estava almoçando duas e meia da tarde, é claro que a gente ia ficar jogando atééé perder de vista… e começamos bem, com Banco Imobiliário! As meninas compraram o jogo, e nós jogamos por três horas, até a hora que a Ma ia falir, quando resolvemos parar e contar tudo. E houve algo inédito! Eu ganhei!!! Com 12.575.000,00 dinheiros, contra 7.414.000,00 da Tay. E a Ma desistiu. Todo esse dinheiro, só no jogo mesmo, né…

Dinheiro!

Depois do Banco, que no fim, foi um chá de cadeira, fomos ver um filme – Os Normais 2. Achei muito fraco, mas muuuuuito fraco, então parei por aqui.

Resolvemos então jogar Wii, que não jogávamos fazia um tempo.

Wii - tênis de mesa

Foi uma humilhação de novo. Foi 12×0 pra mim contra a Tay no Wii Play, e depois várias partidas de tênis de mesa, todas ganhas por mim. Até que no final, a Tay ganhou no boliche.

E como já era tarde, eu e a Ma ficamos tentando baixar as fotos do celular da Tay, enquanto ela jogava vôo no Wii Sports Resort, e depois basquete, e já eram umas dez e pouco quando a gente finalmente desistiu e concordou em adiar o post aqui de ontem pra hoje, já que a situação era extraordinária de novo.

Aliás, estamos tendo mais situações extraordinárias no Jantar de Sábado do que jantares normais, né… mas talvez essa seja a graça.

Pro final de semana que vem, já estamos com a receita escolhida, ok? E espero que seja sábado dessa vez.

PS: Estou seriamente pensando em criar uma seção pós-post, com nossas caras de psicopata… a Ma já apareceu com o tomate no fogo, agora foi a vez de a Tay e eu brincarmos com aparelhos cortantes. Oh céus!

Psicose

Tirando alguns dedos, tá tudo no lugar. BRINCADEIRINHA!!! Pessoal, até o próximo Jantar!

Publicado por: Hilger | 07/03/2010

Pizza de novo?

Pois quase que não tivemos jantar de sábado nesse sábado, viu? Oh, céus.

Na quinta-feira liguei pra Ma e ela me contou que ela e a Tay iriam trabalhar em Curitiba num casamento no sábado, e que aí não poderíamos nos encontrar. Mimimimimi. Mas acabou que voltando da pós, combinei com um amigo meu (o Vini) de irmos lá em casa comer pizza. E eis que quando cheguei da pós na rodoviária, ele tava num barzinho ali perto com um amigo dele, que eu conheci no próprio Jantar de Sábado, o Rubens.

Pois então, leram ali a palavra mágica? Pizza. Ah, de novo não, né? Tá muito desvirtuado esse blog se a cada duas semanas a gente pedir pizza. Mas tá, favor perdoar a gente.

Então, prosseguindo. Viemos aqui pra casa tipo umas onze horas e passamos naquela mesma pizzaria do post de duas semanas atrás e pedimos: Carioca (palmito, bacon e champignon), Margarita (tomate, manjericão, mussarela e provolone)  e Sensação (morango, chocolate preto e leite condensado).

Pizza de novo?

Pergunta número 1: por que a pizza se chama Margarita? Não tem lógica, né, mas pois é, então.

Continuando… depois de pizzar, os dois quase não comeram nada e largaram aqui em casa praticamente uma caixa inteira de cerveja, e eu não bebo cerveja, QUEM QUER?

E depois de conversarmos sobre muitos filmes que o Rubens vê e muitas músicas que o Vini ouve, e resolvemos jogar Wii, que pro Vini era novidade. Botamos ele pra jogar Archery no Wii Sports Resort, e pra quem conhece, vejam como ele não sabia jogar:

Vini #FAIL

E depois o Rubens jogou Table Tennis contra um Mii que parecia uma traveca, e fez o favor de perder. Essa era a traveca.

Rubens vs. Traveca

Bom… no fim das contas foi bem divertido :)

E agora, só o que eu posso prometer é que vamos tentar cozinhar alguma coisa pro sábado, ok?

(não assinei nada)

Publicado por: Hilger | 28/02/2010

Panquecas com muitos detalhes

Eu estava pensando aqui em como colocar o sabor das panquecas no título, mas como tem muuuuitos detalhes, ficaria difícil fazer caber em poucas palavras. Mas saibam quem dessa vez o jantar foi feito por nós, como prometido semana passada! A Tay e eu cozinhando, e a Ma fotografando e lavando a louça (porque a gente ODEIA lavar louça, mas ela não, então obrigadoooo Ma!)

Detalhe que agora eu tentei ensaiar como seria o nome das panquecas se fosse colocar os sabores, mas de novo eu cheguei na metade e desisti. De qualquer forma, os “detalhes” estão na receita, então anotem aí.

Massa de panqueca sabor pimentão:

  • 4 ovos;
  • 2 xícaras de chá de leite;
  • 1 colher de sopa de margarina;
  • 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo com fermento;
  • 1 pimentão amarelo grande picadinho;
  • sal a gosto.

Detalhes sobre a massa… A margarina pode ser substituída por manteiga, se você não for pobrinho como nós. A farinha que usamos vem com fermento, e isso dá uma boa diferença, mas se não tiver, tudo bem, né, fazer o quê. O leite que usamos foi em pó, e isso pode ser feito pra todas as receitas do mundo, e em geral fica até melhor, o leite de caixinha empelota mais fácil as coisas, e o em pó não. E agora, mas por que pimentão, caramba? Originalmente era pra ser cenoura, mas a Ma não gosta, então trocamos por pimentão. É pra massa ficar colorida, o legume escolhido fica bem sutil na massa, e portanto pode ser qualquer cor… um dia vou testar uma massa de repolho roxo só pra ver como seriam panquecas roxas, hahahaha.

Enfim, pra fazer as panquecas é fácil, bata tudo no liquidificador, unte uma panqueceira ou uma frigideira com margarina (use um papel, ok?) e frite porções da massa, espalhando bem. Se você for fodástico, tente virar a panqueca no ar, como nós fizemos :) – tem um vídeo com eu e a Tay virando as panquecas, mas apesar da tecnologia ser maravilhosa, o formato do vídeo tá sacaneando a gente, então um dia eu ponho o vídeo aqui…

Recheio:

  • 1 brócoli japonês beeeeem bonito;
  • 300g de ricota fresca picada em cubinhos pequenos;
  • 50 g de champignon fatiado;
  • sal a gosto;
  • 1 colher de sopa de margarina;
  • 150g de creme de leite;
  • 20g de queijo parmesão ralado (20 e não 200, leiam direito);

Esse recheio eu que inventei, com uma inspiração que remete à Tay nas nossas épocas de escola, quando ela fez um recheio de ricota com não sei mais o que pra panquecas aqui em casa. Essa parte eu copiei, mas o resto é novidade. E pra fazer também é fácil. Dê uma separada nas árvorezinhas principais do brócoli pra cozinhar mais rápido, e não esqueça de salgar a água, senão fica esquisito depois. Quando estiver cozido, pique tudo bem pequenininho, o menor que conseguir. Derreta a margarina na frigideira (pode ser manteiga de novo), e junte o brócoli e a ricota, o champignon e o sal e mexa pra eles ficarem misturados. Deixe fritar por sei lá, uns dez minutos (a gente faz tudo muito no feeling aqui, e depois fica difícil explicar tudo), e depois junte o creme de leite e o parmesão e mexa, e deixe cozinhar por mais uns dez minutos, mexendo sempre que for grudar. Depois que as panquecas estiverem prontas, é só fazer um rolinho com um pouco de recheio dentro.

Molho vermelho:

  • 6 tomates maduros sem pele;
  • 2 cebolas pequenas;
  • 1 pimentão verde pequeno;
  • 1 pimentão amarelo pequeno;
  • 2 colheres de sopa de margarina;
  • 50 g de champignon fatiado;
  • 2 folhas de louro;
  • 50g de creme de leite;
  • sal e cebolinha a gosto;

O molho é a parte mais fácil, e ainda dá pra se divertir tirando a pele dos tomates. A Ma usa a técnica de colocar eles no fogo pra tirar a pele, assim:

Técnica de descascar tomates

Enfim… o molho, pique tuuuudo bem picadinho, doure a cebola na margarina (pode ser manteiga de novo), e depois junte os pimentões (se quiser incrementar pode colocar um vermelho também, nós que esquecemos), o champignon e o tomate e deixe cozinhar bem, colocando um pouco de água se secar muito. Quando o tomate tiver desmanchado, junte o creme de leite, a cebolinha e o louro e deixe cozinhar por mais cinco minutos, até o creme de leite ficar homogêneo no molho.

Ok, eu disse que é tudo simples e fácil de fazer, mas não falei que é trabalhoso, né? Eu imaginei que daria conta de fazer tudo sozinho, porque uma vez eu já tinha feito. Mas como nós três ficamos conversando, a lentidão toma conta, e a Tay me ajudou a fazer tudo.

Tay e eu fazendo panquecas

Detalhe: eu comecei a cozinhar o brócoli às 22h, e nós só pudemos jantar as panquecas às 2h30 hahahahaha.

E depois disso, é só montar tudo bem bonitinho e servir :)

Panquecas com muitos detalhes

Olhando assim essa foto não parece que ficou tão bonito nem tão gostoso, mas vocês não têm idéia de como isso ficou uma delícia, meeeeesmo! Pena que era super tarde, aí não deu muito tempo pra jogarmos. O Uno vai cair em desuso aqui, então fomos pro Wii jogar New Super Mario Bros. Estávamos na fase 2-4 quando começamos, e paramos na fase 3-3, que é onde deu pra salvar. A Ma não quis jogar e ficou apanhando comigo do meu computador pra baixar as fotos, mas até que enfim conseguimos (não deu certo eu fazer duas coisas ao mesmo tempo, eu mais atrapalhei as meninas do que ajudei).

Faltou tirar umas fotos de nós jogando Wii…

E mais uns detalhes: como deu pra perceber, essa receita não leva nenhum tipo de carne, então ovo-lacto-vegetarianos, divirtam-se!

Pra semana que vem, ainda não pensamos que receita vai ser, mas caros leitores (quais?), sugiram!

E por último, eu tenho que sacanear a Ma… olhem isso hahahaha

Ma louca descascando tomates

Até semana que vem!

Publicado por: Hilger | 21/02/2010

Pizza?

Oh, céus, os jantares de sábado estão muito suspeitos.

Esse sábado, por exemplo, não fizemos nenhuma receita. Mas de novo? Pois é, eu posso explicar tudo (ou seja, lá vem conversa furada).

Eu faço pós-graduação na PUC-PR, mas eu moro em Joinville-SC, então, com as duas horas de viagem de volta e tendo que acordar às 5h da manhã, a pessoa aqui chega cansada à noite, tipo nove horas. NO SÁBADO, minha gente. Quando eu cheguei na rodoviária, que sorte que meus pais estão aqui em casa me visitando, que assim eu ganhei uma carona de lá, e como seria muito prático, e as meninas estavam pensando em nem vir pro jantar, nós decidimos que iríamos pedir pizza.

Mas tudo bem, o que importa é que salvamos o blog. Acho que foi só por isso mesmo que ainda tivemos vontade de nos encontrar, porque elas estavam à pé novamente.

Não que nossos leitores (quais?) não conheçam pizzas, mas vamos às fotos do dia.

Pizza

Ops, já tínhamos “aberto” a pizza, mas é que foi irresistível, tava todo mundo morrendo de fome. Ainda mais que nós tínhamos convidados… meus pais e minha irmã (lembrei de “Éramos Seis” agora, afff). Pedimos pizza numa pizzaria nova, que a gente não conhecia, e chegamos à conclusão de que definitivamente todas as pizzarias novas capricham pra conquistar os clientes. Que ótimo. Nós pedimos Canadense (lombo com champignon), Portuguesa (um monte de coisa) e Sensação (chocolate com morango).

E enquanto isso, assistimos de A Fuga das Galinhas. Adoooooro esse filme, a trilha sonora, o stop-motion e tudo mais, simplesmente perfeito. E depois do filme, foi a hora do Uno. Mas estávamos tão cansados, que jogamos só 5 rodadas. Placar:

Eu: 3, Tay: 1, Ma: 1.

E acabou. Meu pai e eu levamos as meninas pra casa delas e depois voltamos ao horário de inverno e fim.

E que fique aqui registrada a promessa. Sábado que vem vamos ter receitas, ok?

Até o próximo Jantar de Sábado

Publicado por: Hilger | 14/02/2010

As Massas da Pastolândia

“Tem lasanha, tem canelone… Faz os dois, aí a gente guarda o que sobrar.”
Então, bem-vindos ao primeiro jantar de sábado :)
Pra um primeiro jantar de sábado, as coisas ficaram meio confusas, fora do que a gente esperava. Seguinte:
1 – Eu estou usando PerioGard, uma medicação bucal que a minha dentista me obrigou a usar, e essa bosta
altera o paladar, ou seja, não tô sentindo gosto de nada.
2 – Os jantares eram pra ser na minha casa, mas dessa vez as meninas ficaram sem carro, e ficamos combinados
que eu viria até a casa delas, de onde eu começo esse post nesse momento. E eu não tenho carro, vim à pé pra
cá, suaaaaaaaaando, afff.
3 – Não vamos fabricar ou inventar uma receita dessa vez… o prato foi comprado, mas eu acho que essa massa
de hoje vai ficar muito mais gostosa do que muuuuuuuitas receitas que ainda vamos fazer, porque é de uma
pastolândia :)
E agora nós vamos jogar Uno, com fotos, continuo depois…
Uno
(continuando)
O nome oficial da pastolândia é pastifício! Descobrimos só depois.
Pois… jogamos um pouco de Uno enquanto a massa esquentava, e depois a Maíse montou uma mesa linda pra gente…
Mesa arrumada
E nós tínhamos quatro pratos lá da pastolândia, ops, do pastifício. Um melhor que o outro:
Lasanha de frango
Canelone de queijo e presunto
Nhoque com molho aos quatro queijos
Nhoque à bolognesa
E estava tudo uma delícia! Um dia ainda roubo a receita do molho quatro queijos do pastifício, realmente é
maravilhoso! :D
Vejam só:
Lasanha:
Lasanha de frango
Canelone:
Canelone de presunto e queijo
Nhoque aos quatro queijos:
Nhoque aos quatro queijos
Nhoque à bolognesa:
Nhoque à bolognesa
Pronto, agora que todo mundo salivou, vamos às emoções dos jogos pós jantar, porque não foi só Uno dessa vez.
Placar final do Uno:
Taissa: 6; Maíse: 4 e meio; Eu: 3.
Em geral eu sempre perco mesmo. E o meio ponto nós demos pra Maíse porque foi uma rodada em que ela e a Tay iam ganhar em sequência, então ficamos com pena.
Depois jogamos três rodadas de dominó, e então nos sentímos três velhos sentados na praça e mudamos de jogo de novo. O placar foi:
Maíse: 2; Taissa: meio.
Esse meio foi uma rodada que ninguém ganhou, mas quem tinha menos pontos na mão foi a Tay, então ficamos com pena.
Também jogamos Jogo da Vida. Agooooooora sim, muitas aventuras. A Tay teve sete filhos, eu tive dez promissórias e fui à falência já na primeira rodada, e a Ma e eu desejamos que todas as araras morressem quando tivemos que pagar cada um 220 mil dinheiros pra salvar as desgraças da extinção. Eu juro que nós anotamos todos os valores finais de cada rodada, e como foram 5, e são muitos milhões, eu vou sumarizar:
Maíse: 2; Taissa: 2; eu: 1.
E como eu estava sem carro, dormi lá, e o jantar se prolongou em um café-da-manhã-almoço-café-da-tarde na casa delas, que merece uma foto, porque a Maíse montou a mesa lindamente. Vejam só:
Café da manhã
O cachorro-quente foi ela que fez, o resto era da padaria. Mas tava uma delícia, com um toque daquele PerioGard que ninguém merece.
Agora estamos planejando umas panquecas pro próximo jantar, e dessa vez com receita. Mas por enquanto são só planos, ok?
Até o próximo jantar de sábado! :)
PS: Seção mico – vejam os cabelos das pessoas ao acordar:
Maíse:
Ma
Eu:
Eu
Taissa:
Tay
Pessoas, não me matem por essas fotos, ok? Ainda vamos ter mais micos… :D
Publicado por: Hilger | 07/02/2010

Inauguração

Oi pessoal (espero que um dia “pessoal” se refira a um monte de gente)!

Vim aqui inaugurar esse blog que conta os jantares de três pessoas nos sábados à noite.

A partir do próximo sábado (os posts saem no domingo, porque os jantares acabam tarde, ok?), estarei publicando aqui as receitas que vamos fazer (com fotos, eu espero), e os placares de Uno ou de Wii, que acompanham os nossos jantares.

E aos poucos vamos nos apresentando também.

Até domingo que vem :)

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.